Mosaico Revista Científica | Factum

Mosaico Revista Científica

Home » Mosaico Revista Científica

MOSAICO:

É uma publicação on-line da Faculdade FACTUM, que visa divulgar a produção técnico-científica em diferentes temáticas vinculadas a saúde, estando aberta à contribuição de pesquisadores de outras instituições de ensino. A revista publica artigos em português, espanhol e inglês.

  • ATENDIMENTO VIA WHATSAPP, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 99970.4687

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 3212.7600

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    Largo João Amorim de Albuquerque, 60
    Praça da Matriz - Centro - Porto Alegre - RS
    Cep: 90010-250

Equipe Editorial

Editor
Prof. Andréia de Menezes Ibañez

Editor Adjunto
Prof. André Verzoni

Contato
Revista Cientifica Mosaico
mosaico@factum.edu.br

Políticas Editoriais

A Revista Mosaico é uma publicação da Faculdade Factum e tem por objetivo difundir o conhecimento científico nas ciências da saúde, especialmente nas áreas de Enfermagem e Psicologia no sentido de contribuir para o avanço do conhecimento sobre a saúde do ser humano.

A revista é aberta a estudos científicos na área da saúde oriundos de teses, dissertações, monografias, trabalhos de curso, bem como resenhas e relatos de práticas.

Áreas temáticas

  • Epidemiologia
  • Gestão em Saúde Pública e Coletiva
  • Psicologia Clínica
  • Psicologia do Desenvolvimento
  • Subjetividade Contemporânea
  • Saúde do Trabalhador
  • Educação em Saúde ( Sustentabilidade na saúde/ Sustentabilidade na educação e na saúde)
  • Desenvolvimento humano, morte e terminalidade da vida



Processo de Avaliação pelos Pares

Método da dupla avaliação cega.

Dois avaliadores com conhecimento na temática do artigo e filiados a instituições de ensino e/ou pesquisa nacionais ou estrangeiras, serão responsáveis por emitir os pareceres. Durante o processo de avaliação, são resguardados o anonimato de autores e avaliadores.

São aprovados para publicação aqueles estudos que receberem dois pareceres favoráveis e reprovados aqueles que receberem dois pareceres desfavoráveis. Havendo divergência de opinião entre os avaliadores, a decisão final caberá ao conselho editorial da revista.

Os manuscritos poderão ser considerados aceitos para publicação, aceitos mediante correções ou rejeitados. O resultado da avaliação será submetido ao autor pelo e-mail, se houver necessidade de revisão cabe ao autor faze-las e reenviar dentro do prazo estabelecido para a revista.

Os autores não são obrigados a realizar as sugestões sugeridas, entretanto, cabe aos editores zelar pela qualidade das obras publicada na revista, e tem o direito de não aceitar os artigos que não foram revisados adequadamente.

Periodicidade: A revista Mosaico é publicada com periodicidade semestral. Oportunamente, a critério do Conselho Editorial, edições especiais relacionadas a temas ou questões específicas de saúde poderão ser publicadas.

Política de Acesso Livre: A revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo publicado.

Submissões: No momento, não existe custo pela submissão e publicação de artigos na revista MOSAICO.

Diretrizes para Autores:Os estudos encaminhados devem ser originais e não devem ter sido aceitos para publicação ou estarem em fase de revisão para publicação em outro periódico. Trabalhos já publicados em Anais de congressos, conferências, encontros, simpósios e/ou eventos semelhantes, serão considerados para publicação. Para tanto é possível que sejam solicitadas eventuais adequações e/ou atualizações. Trabalhos que tenham tido apenas o seu resumo publicado, também poderão ser considerados e analisados para publicação.

Submissão: Todo manuscrito será submetido para avaliação exclusivamente por sistema on line no endereço https://www.factum.edu.br/mosaico-revista-cientifi... em português, inglês ou espanhol.

Os trabalhos devem obedecer às normas e aos padrões da revista, detalhados a seguir:

1) formulários de declarações (declaração de ausência de conflitos, declaração de autoria, declaração de transferência de direitos autorais; declaração que originalidade);

2) cópia do parecer do Comitê de Ética em Pesquisa, quando aplicável;

3) arquivo do manuscrito;

Publicação: Os artigos são publicados em acesso aberto online em um único idioma, de preferência do autor, que pode ser: português, inglês ou espanhol. O resumo é em dois idiomas, o idioma original do documento e em inglês;

Elementos Pré-textuais:

Editorial: Pode conter até duas (2) páginas, incluindo até duas referências, quando houver;

Pesquisa: Estudo original e inédito. Deve conter um máximo de vinte (20) páginas, incluindo resumos e referências;

Revisão: Deve conter um máximo de vinte (20) páginas, incluindo resumos e referências;

Reflexão: Deve conter um máximo de oito (08) páginas, incluindo resumos e referências;

Relato de Experiência. Deve conter um máximo de dez (10) páginas, incluindo resumos e referências;

Resenha: conter no máximo três (3) páginas, incluindo referências, se houver;

Corpo do Texto:

Artigos de Pesquisa e de Revisão devem seguir a estrutura:

Introdução, Método, Resultados, Discussão e Conclusões ou Considerações Finais e Referências;

Os manuscritos de outras categorias podem seguir estrutura diferente;

O arquivo do manuscrito deve ser enviado em programa Word versão 6.0 ou superior, fonte Arial Narrow, estilo normal, tamanho 12, digitados em espaço 1,5 entre linhas, em dimensões padrão A4 (210mm x 297mm), margens de 2,5mm,limitando-se ao número de laudas especificadas para cada categoria de manuscrito, incluindo todo o texto, as referências e as ilustrações.

O documento principal deve conter:

1) Título do artigo: no máximo de 15 palavras;

2) Resumo e os descritores: O resumo deve conter no máximo 150 palavras em parágrafo único contendo: Objetivo, Método, Resultados e Conclusão (ou Considerações Finais).

Logo abaixo do resumo incluir três descritores/ palavras-chave. As resenhas não devem apresentar;

3) Corpo do texto: A estrutura do manuscrito nas categorias pesquisa e revisão é: introdução, objetivo, método, resultados, discussão e conclusão ou considerações finais;

Todos os subtítulos devem ser destacados em negrito no texto. As figuras, tabelas e quadros devem ser apresentadas no corpo do manuscrito.

Ilustrações (tabelas, quadros e figuras, como fotografias, desenhos, gráficos, etc.) serão numeradas, consecutivamente, com algarismos arábicos, na ordem em que forem inseridas no texto.

4) Fomento: antes da lista de referências, é obrigatório citar fonte de fomento à pesquisa (se houver).

5) Agradecimentos: Podem ser destinados às pessoas que contribuíram para a realização do estudo, mas não se constituem autores e devem ser apresentados na página de título até que a avaliação seja concluída por questões de conflito de interesse.

6) Referências: o número de referências não é, entretanto elas devem estar incluídas no número total de laudas, conforme a categoria do manuscrito.

Todas as referências deverão ser apresentadas ao final da obra, numeradas na ordem que forem incluídos no texto. E formatadas de acordo com as normas da ABNT.

7) Figuras:tabelas, quadros, gráficos, mapas, imagens, etc. deverão ser identificados como Figuras e enviados como documentos suplementares, indicando-se no corpo do documento onde deverá ser inserido, conforme ilustrado a seguir:

Instrumentos de Pesquisa:

Poderão ser inseridos, a critério do(s) autor(es), como documentos suplementares, instrumentos de pesquisa com o intuito de proporcionar maior compreensão do estudo e contribuir com a leitura e compreensão do documento.

Observações:

  • Os trabalhos que não atenderem as diretrizes da revista serão automaticamente rejeitados.
  • Os editores reservam-se o direito de proceder a pequenas modificações nos originais, visando sua adequação aos padrões da publicação. Modificações substanciais serão de responsabilidade dos autores que receberão cópias dos pareceres com as respectivas sugestões.

Declaração de Direito Autoral:

A submissão de originais para este periódico implica na transferência, pelos autores, dos direitos de publicação impressa e digital. Os direitos autorais para os artigos publicados são do autor, com direitos do periódico sobre a primeira publicação. Os autores somente poderão utilizar os mesmos resultados em outras publicações indicando claramente este periódico como o meio da publicação original. Em virtude de sermos um periódico de acesso aberto, permite-se o uso gratuito dos artigos em aplicações educacionais e científicas desde que citada a fonte.

Política de Privacidade:

A identificação de autoria deste trabalho é removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, quando submetido para avaliação por pares. Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.



  • ATENDIMENTO VIA WHATSAPP, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 99970.4687

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 3212.7600

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    Largo João Amorim de Albuquerque, 60
    Praça da Matriz - Centro - Porto Alegre - RS
    Cep: 90010-250

Acesso

Utilize seus dados acesso. Não possui Cadastro? Cadastre-se aqui


  • ATENDIMENTO VIA WHATSAPP, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 99970.4687

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 3212.7600

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    Largo João Amorim de Albuquerque, 60
    Praça da Matriz - Centro - Porto Alegre - RS
    Cep: 90010-250

Dados Acesso

Dados Pessoais

Endereço

Outros

Idiomas Conhecidos

  • ATENDIMENTO VIA WHATSAPP, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 99970.4687

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 3212.7600

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    Largo João Amorim de Albuquerque, 60
    Praça da Matriz - Centro - Porto Alegre - RS
    Cep: 90010-250

  • 13/04/2018 - NARRATIVAS INCONSCIENTES: CLÍNICA E SUBJETIVIDADE
    Na contemporaneidade, as formas de subjetivação são caracterizadas pelo declínio da alteridade e o desamparo em razão da falta de uma referência psíquica consistente e unificadora. Entre as conseqüências dessas condições, podem emergir o narcisismo a dificuldades subjetivas na construção da identidade do sujeito. Considerando esses elementos, o artigo aborda narrativas da clínica de forma a ilustrar o vínculo com o paciente atravessado pelos sintomas sociais.
    Autor(a): André Verzoni / Paulo Ferraz / Sivia Pinheiro Coiro

    Baixar artigo completo
  • 13/04/2018 - SENTIDOS E SIGNIFICADOS DA GESTÃO DE ENSINO SOBRE O PROCESSO DE FORMAÇÃO DOS ALUNOS DE UM CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO.
    Este estudo propôs narrar as experiências da gestão de ensino do curso de especialização em saúde mental da Escola Grupo Hospitalar Conceição (GHC), procurou-se determinar os sentidos e significados do envolvimento do gestor no processo de aprendizagem concomitante às práticas educacionais existentes na formação. Especificamente, identificar pressupostos e concepções envolvidas no transcorrer do curso. Metodologia: para dar sentido às reconstruções das memórias do narrador optou-se em contemplar e complementar as reflexões com as teorias das representações sociais, pois nos conduz ao modo de percepção, compreensão e interpretação de realidades vivenciadas no cotidiano das relações, portanto servindo como pano de fundo para refletir sobre os acontecimentos, sentimentos e subjetividades na experiência da gestão do curso de formação. Resultados: Compreendeu-se acerca reflexões narradas que ser gestor de ensino é transpor paradigmas instituídos na forma de gerir processos de ensino, é fazer despertar o sentido do conhecimento e valorizar a pós-estruturação do currículo. Conclusão: Os processos educacionais foram ancorados em diferentes processos de construção de conhecimento e, de igual maneira, sua proposta de formação foi embasada e tencionada pelas situações, conhecimentos e experiências trazidas por seus discentes. A transversalidade implicou na construção de aprendizagem mútua, entre educador e educando, significativa para os alunos e coerente com a proposta da gestão do curso. Descritores: Educação; saúde e aprendizagem.
    Autor(a): Andrea Jardim / Andréia Menezes / Marinez Armendaris / Denise Zocche

    Baixar artigo completo
  • 13/04/2018 - Formação de Professores em Metodologias Ativas: mudando práticas para transformar a cultura organizacional
    A Faculdade Factum está no mercado educacional há 21 anos dedicados a formação de profissionais na área da saúde, com mais de 18.000 alunos formados, corpo docente composto por especialistas, mestres e doutores com atuação ativa no mercado e experiência acadêmica. Atenta aos novos desafios impostos pela transformação metodológica no ensino1, através do NDE (Núcleo Docente Estruturante) e do Colegiado Acadêmico, a Faculdade Factum atualizou a matriz curricular do Curso Bacharel em Enfermagem. Considerando as novas Diretrizes Curriculares Nacionais2 e a inserção de ferramentas capazes de promover a autonomia no aprendizado3, buscou-se a construção do conhecimento com o efetivo envolvimento acadêmico através da integração entre teoria e prática / ensino e serviço4 para desenvolver a capacidade de reflexão sobre problemas reais por meio da formulação de ações originais e criativas capazes de transformar a realidade social.
    Autor(a): Janaina Sostisso / Rafael Korman / Marinez Kellermann Armendaris

    Baixar artigo completo

  • ATENDIMENTO VIA WHATSAPP, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 99970.4687

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    (51) 3212.7600

  • ATENDIMENTO VIA TELEFONE, DAS 9H ÀS 20H

    Largo João Amorim de Albuquerque, 60
    Praça da Matriz - Centro - Porto Alegre - RS
    Cep: 90010-250